fbpx

Conhecendo a Plataforma Blynk

Olá pessoal,
no tutorial de hoje vamos apresentar a vocês o Blynk, uma plataforma desenvolvida para aplicações em Internet das Coisas (Internet of Things – IoT) que permite o desenvolvimento de interfaces de controle e monitoramento para projetos de hardware a partir de dispositivos móveis Android e iOS.
Com o Blynk é possível controlar microcontroladores, coletar dados de sensores, criar painéis visuais personalizados e salvar dados automaticamente na nuvem Blynk Cloud. Além disso, esta plataforma permite enviar notificações, e-mails ou tweets.
O Blynk é perfeito para realizar a interação com projetos simples, como monitorar a temperatura de um ambiente, ligar e desligar as luzes, controlar as cores de um LED RGB de uma sala de estar, entre outras. Sua interface de arrastar e soltar composta por vários widgets o torna bastante fácil e intuitivo.


COMPONENTES DO BLYNK

O Blynk é, basicamente, formado por três componentes principais, que são:
Blynk App:

• Aplicativo gratuito disponível para Android e iOS que permite ao usuário criar interfaces de projetos de forma bastante simples, em que é necessário apenas arrastar os Widgets (botões, chaves, displays, joysticks) e realizar a configuração dos mesmos;

• Servidor Blynk: é o servidor responsável por todas as comunicações entre o smartphone e o hardware. Vale ressaltar que você pode usar o servidor Blynk Cloud ou executar o servidor Blynk em sua máquina local;

• Bibliotecas Blynk: Do lado do hardware, o Blynk disponibiliza bibliotecas para as plataformas de desenvolvimento mais populares, que possibilitam a comunicação com o servidor e processam todos os comandos de entrada e saída.

A Figura 1 ilustra a arquitetura de funcionamento da plataforma Blynk.

Figura1: Arquitetura de funcionamento do Blynk.

REQUISITOS PARA UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA BLYNK

Para utilizar o Blynk faz-se necessário os seguintes requisitos:

• Hardware: Um Arduino, Raspberry Pi, ESP 8266 ou um kit de desenvolvimento semelhante;
• Internet: Para funcionamento o Blynk necessita de acesso à internet;
• Smartphone: O Blynk App funciona tanto em smartphones Android ou iOS;
• Cadastro de usuário: Após a instalação do Blynk App é necessário realizar um cadastro para poder utilizar a ferramenta;
• Biblioteca Blynk: É necessário instalar a biblioteca Blynk para utilizá-lo.


PRIMEIROS PASSOS PARA UTILIZAÇÃO DO BLYNK
Download e instalação do Blynk App

Conforme mencionado anteriormente, o Blynk App encontra-se disponível para Android e iOS. Desta forma, para realizar o download em seu dispositivo será necessário acessar a loja de aplicativos, Play Store ou App Store. Se achar melhor, você também pode encontrar o Blynk App por meio dos seguintes links:

Link Android

Link iOS

Após a instalação do aplicativo em seu dispositivo um ícone será criado na tela inicial e para iniciar o aplicativo basta clicar neste ícone. Ao abrir o Blynk App pela primeira vez faz-se necessário a criação de um cadastro de acesso, que deve ser feito selecionando a opção Create New Account, inserindo um e-mail válido e uma senha. A Figura 2 demonstra a tela de login e cadastro do Blynk App.

Figura 2: Tela de login e cadastro do Blynk App.

No momento do cadastro insira um endereço de e-mail válido, pois algumas informações importantes para o funcionamento de seus projetos serão encaminhadas por meio dele. Após a realização do cadastro a tela da Figura 3 será exibida.

Figura 3: Tela de início do Blynk App.

Os ícones numerados em vermelho na Figura 3 são detalhados a seguir:

1. Log Out: Ao selecionar este ícone, você saíra da conta logada e retornará a tela de login (Figura 2);
2. New Project: Possui a mesma função do ícone de número 5, que é criar um novo projeto;
3. QRcode: Esta opção permite que você leia, por meio do QRcode, e copie um projeto já existente que foi compartilhado por outro usuário do Blynk;
4. About: Traz algumas informações sobre o aplicativo, como versão, usuário e servidos;
5. New Project: Possui a mesma função do ícone de número 2, que é criar um novo projeto;
6. My Apps: Ao selecionar este item seu projeto poderá ser exportado para seu dispositivo móvel e ser publicado no Play Store ou App Store;
7. Community: Ao selecionar esta opção você será direcionado a comunidade Blynk, site destinado a solicitação e votação de novos recursos, perguntas, comentários e compartilhamento de ideias.

Para criar um aplicativo você deve selecionar a opção New Project (item 2 ou 6 da Figura 3). Em seguida será exibida a tela Create New Project, onde será possível definir um nome para o projeto, a plataforma utilizada, o tipo de conexão entre o aplicativo e o microcontrolador, e o tema do aplicativo. A Figura 4 ilustra a tela Create New Project do Blynk App.

Figura 4: Tela Create New Project.

Na Figura 4, para fim explicativo, definimos o nome do projeto de “Projeto explicativo”, escolhemos o microcontrolador Arduino UNO e o tipo de conexão será por USB. O tema do aplicativo pode ser “Dark” (escuro), que é a cor padrão do Blynk, ou “Light” (claro). Ao optar pelo tema Light o aplicativo ficará branco. Após a definição destas configurações, clique no botão “Create”.

Em seguida, será exibida uma mensagem informando que um “Auth Token” do projeto foi enviado ao seu e-mail cadastrado. O “Auth Token” é um código de 32 caracteres utilizado para que o servidor Blynk direcione as informações entre o aplicativo e a plataforma. Clique em OK para fechar esta mensagem. Logo após, a tela de projeto será exibida, conforme Figura 5.

Figura 5: Tela de projeto do Blynk App.

Os ícones da parte superior da tela de projeto do Blynk App encontram-se detalhados a seguir:

1. Log Out: Ao selecionar este ícone, você sairá da tela de projetos e retornará a tela de criação (Figura 3);
2. Project Settings: Ao selecionar esta opção você terá acesso a tela de configurações do projeto;
3. Widget Box: O ícone representado pelo símbolo + permite a adição de widgets a tela do projeto. Ao selecionar esta opção uma lista de widgets será aberta, conforme Figura 6.
4. Play: Ao clicar neste ícone a comunicação entre o aplicativo e a plataforma será iniciada.

Figura 6: Lista de Widgets.

Apesar do Blynk App, Servidor Blynk e as bibliotecas Blynk serem gratuitas, os Widgets são pagos. Cada Widget custa uma quantidade de Energy – espécie de moeda virtual. Iniciamos o Blynk App com 2000 Energy disponível para ser utilizada em nossos projetos. Para o desenvolvimento de projetos mais complexos mais Energy pode ser comprada.
Lembrando que cada Energy utilizado ao incluir um Widget é retornado à carteira quando o excluímos. Para excluir um Widget basta pressionar por um período de tempo e aguardar a exibição da opção excluir na parte superior da tela do aplicativo, conforma a Figura 7.

Figura 7: Ícones Duplicar e Excluir Widgets.

Instalação do pacote de bibliotecas do Blynk no Arduino IDE

Para que o Blynk funcione em sua plataforma de hardware é necessário instalar uma biblioteca. A biblioteca Blynk é uma extensão que irá rodar em seu hardware, sendo responsável pela conectividade, autenticação de dispositivo na nuvem e processos de comandos entre o Blynk App, a nuvem e o hardware. Esta biblioteca encontra-se disponível para download no seguinte link:

Link Biblioteca Blynk

Após realizar o download da biblioteca, vamos instalá-la por meio do seguinte caminho: Toolbar > Sketch > Incluir biblioteca > Adicionar biblioteca ZIP, conforme ilustra a Figura 8. Com a biblioteca instalada, feche o Arduino IDE e abra-o novamente.

Figura 8: Caminho para incluir biblioteca no Arduino IDE.

Em seguida, vamos verificar se a biblioteca foi instalada corretamente por meio do seguinte caminho: Toolbar > Sketch > Incluir Biblioteca, onde buscaremos a biblioteca Blynk, conforme a Figura 9.

Figura 9: Caminho para verificar se a biblioteca Blynk foi instalada.


Com a biblioteca e o aplicativo instalados, a plataforma Blynk está pronta para ser utilizada. Faltando apenas carregar o código para um microcontrolador para criar as mais diversas aplicações.
Na próxima postagem ensinaremos a vocês como carregar o código no microcontrolador e colocar em prática os primeiros projetos.

Espero que tenham gostado deste tutorial. Em caso de dúvidas deixe seu comentário abaixo.

Att.,
Carol Correia Viana

Dúvidas? Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.