fbpx

O que é o Arduino?


Você já deve ter ouvido falar em Arduino… Mas você sabe como o Arduino surgiu? Para que ele serve? O que ele é capaz de fazer? Quais as vantagens? Quais modelos existem e qual o ideal para seu projeto? Como ele funciona? Aprenda tudo isso neste tutorial.

O Arduino é uma plataforma eletrônica de código aberto baseada em software e hardware de fácil utilização, sendo ideal para iniciantes e para qualquer pessoa que deseja construir projetos eletrônicos. O Arduino foi desenvolvido em 2005 por Massimo Banzi, David Cuarielles, Tom Igoe, Gianluca Martino e David Mellist, com o objetivo de ser um dispositivo acessível, de baixo custo, funcional e fácil de usar tanto por estudantes e projetistas amadores, quanto por profissionais.

A decisão por adotar os conceitos de hardware livre, que significa que qualquer um pode montar, modificar, personalizar ou melhorar o Arduino, e de código aberto, que quer dizer que seu código-fonte pode ser acessado e modificado, contribuiu significativamente para que o Arduino se tornasse a ferramenta de prototipagem eletrônica bastante popular.

As placas Arduino permitem a conexão de circuitos eletrônicos aos seus terminais, o que possibilita a leitura de entradas – luz em um sensor, o acionamento de um botão ou uma mensagem SMS, e transformar estas informações em uma saída controlando algum dispositivo – por exemplo ligando um LED, ativando um motor ou enviando uma mensagem.

As placas Arduino podem ser conectadas ao computador por meio do barramento serial universal (USB), possibilitando sua utilização como placa de interface e controlar dispositivos por meio do seu computador. A plataforma Arduino oferece uma série de vantagens em relação a outras plataformas, o que o tornou popular entre professores, alunos, amadores e projetistas, tais como:

Possuir ambiente multiplataforma, ou seja, pode ser executado nos principais sistemas operacionais comercializáveis;
Contar uma IDE de programação própria;
Poder ser programado utilizando um cabo USB;
Possuir hardware e software de fonte aberta;
Ter sido desenvolvido em um ambiente educacional, sendo ideal para iniciantes.


Versões de placas Arduino


Diante da sua popularização, a plataforma Arduino cresceu e atualmente conta com diversas versões de mercado. A Figura 1 ilustra algumas versões da placa Arduino.

Figura 1: Versões de placas Arduino.

Existem placas Arduino bem pequenas (Nano, pro micro, mini), de tamanho médio e tradicional (Uno, Leonardo), e as placas de maiores dimensões (Mega, Due). Diante de tanta variedade, você deve estar se perguntando: Qual placa devo usar no meu projeto?


Qual placa devo usar no meu projeto?


A escolha da versão ideal vai depender das necessidades de seu projeto, mas recomendamos:

Placas de Arduino pequenas para projetos que precisam ser leves e ocupar pouco espaço;
Placas de Arduino tamanho médio e tradicional para projetos de tamanho padrão como robôs, interfaces homem-máquina, central de monitoramento, entre outros;
Placas de Arduino maiores dimensões para projetos que demandem de maior memória e número de portas de entrada e saída.


O que posso fazer com o Arduino?


A lista de projetos possíveis de construir utilizando Arduino é praticamente infinita… As opções vão desde projetos de automatização residencial e sistemas de monitoramento à plataformas robóticas e games. Tudo vai depender da sua criatividade! A Figura 2 ilustra algumas aplicações possíveis:

Figura 2: Aplicações utilizando o Arduino.


Como o Arduino funciona?


Para que o Arduino execute qualquer ação você precisará escrever um código ou Sketch em linguagem de programação C/C++ utilizando gratuitamente o software Arduino IDE, que se encontra disponível na versão online e offline, e depois fazer o upload deles para a placa.

O Arduino Web Editor é a interface de desenvolvimento online do Arduino, com ele é possível codificar, salvar os esboços na nuvem, fazer backup e enviar o código feito para qualquer placa compatível com o Arduino a partir do navegador de internet. Por estar hospedado online, o Arduino Web Editor estará sempre atualizado com os recursos, bibliotecas e suporte mais recente. Além disto, esta interface de desenvolvimento permite que você acesse um código salvo a partir de qualquer dispositivo conectado à internet. O Arduino Web Editor encontra-se disponível no link https://create.arduino.cc/editor, em que será necessário a realização de um cadastro de acesso.

O Arduino IDE é a versão offline desta ferramenta de desenvolvimento e pode ser executado no Windows, Mac OS X e Linux. O download do Arduino IDE encontra-se disponível no link https://www.arduino.cc/en/Main/Software#download, em que faz-se necessária a escolha da versão apropriada para seu sistema operacional. A Figura 3 ilustra o Arduino IDE versão offline.


Figura 3: Arduino IDE versão offline.



Espero que tenham gostado deste tutorial. Em caso de dúvidas deixe seu comentário abaixo.

Att.,
Carol Correia Viana

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.